Skip to content

CAÇANDO POETAS

julho 16, 2008

Caçando poetas na net

Tropecei em Ginsberg

Uivando nas esquinas

Blake

Falando com Deus ao telefone

Whitman

Rolando pelado na grama

Então rasguei todas as cartas que nunca escrevi

Queimei meus olhos num velho filme de TV

Sonhei com a chuva molhando minha cidade natal

Mas já não havia mais ninguém quando acordei

Todos tinham partido

No último trem

Tomi Bolado

4 Comentários leave one →
  1. julho 17, 2008 12:21 am

    Inomináveis Saudações.

    Caçar A Poesia, estender um arco, a flecha indo ao encontro de perdas e achados das várias metas de todos os versos que eternos sempre serão… Ginsberg, Blake, Whitman, enfim, a miríade toda da Poética Plêiade, sonhadores de um túmulo chamado vida humana, Acordados para a Verdadeira Vida…

    Poetas E Vida.

    Verdade E Mais Verdade.

    Saudações Inomináveis.

  2. julho 19, 2008 10:52 am

    O velho bloquinho de anotações do jack, ensebado e poderoso!! :O)
    abraços interioranos!

  3. julho 20, 2008 4:49 pm

    Pois é cara. E no final da minha caçada na net ainda encontrei um espanhol maluco chamado Federico García Lorca!!!

  4. julho 20, 2008 5:21 pm

    “Verde que te quero verde…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: