Skip to content

DRAGÕES

maio 5, 2009

4145dragaod3

 Era um segredo entre eles. E os dois precisavam entender bem isso. Caso contrário, eles seriam perseguidos até a morte. Lógico, eles eram fortes e espertos e não seria fácil encurralá-los. Contudo, ele conhecia muitas histórias de como uma perseguição implacável pode fragilizar as mais poderosas e elaboradas estratégias de defesa.

Depois de longo tempo tendo sempre alguém nos seus calcanhares, você perde o sono, a fome, seus sentidos vão ficando mais e mais debilitados, o seu senso de direção começa a ficar mais e mais errático, até que você começa a cometer pequenos deslizes. A princípio, seus perseguidores não percebem nada, mesmo tendo sempre dormido e comido o suficiente durante o transcurso da caçada.

O problema deles, no princípio, não é o enfraquecimento de suas capacidades, mas a obsessão demasiadamente focada na caça, o que os faz negligentes quanto aos detalhes.

Então, um belo dia, você acorda e tenta, sem sucesso, erguer o corpo do local onde dormiu. Após duas ou três tentativas, você finalmente percebe que a situação está se tornando mais crítica do que nunca. E isso foi acontecer logo agora, que algumas pessoas, nas quais você depositava absoluta confiança, deram com a língua nos dentes.

A cada manhã, você pode até mesmo sentir o cheiro deles se aproximando e, à noite, suando frio, você reza para que amanheça e as sombras desapareçam do buraco onde você inutilmente tenta se reencontrar com o sono.

A partir desse ponto, alguns pensamentos estranhos começam a surgir meio que do nada na sua cabeça. Enfim, talvez eles não sejam tão implacáveis assim. Talvez seja possível até entrar num acordo e evitar o pior. Afinal, até mesmo eles podem ser capazes de entender o que o levou a fazer o que fez. Na verdade, eles podem até compreender que você não queria fazer nada daquilo, mas foi obrigado, sabe como é, pelas circunstâncias.

Então, um belo dia, você acorda e tenta, sem sucesso, erguer o corpo do local onde dormiu. Após seis ou sete tentativas, você finalmente percebe que a situação está se tornando mais crítica do que nunca. E isso foi acontecer logo agora, que o seu dinheiro, que parecia tanto no início, está reduzido a algumas poucas notas amassadas no bolso esquerdo da sua única calça, suja e rasgada.

A partir desse ponto, alguns pensamentos estranhos começam a surgir meio que do nada na sua cabeça. Enfim, talvez eles também já estejam muito cansados. Parece realmente improvável que pessoas passem tanto tempo das suas vidas atrás de um único e mesmo objetivo. Eles devem certamente ter outros interesses, mulheres, famílias, vícios.

Então, um belo dia, quando amanhece, você fareja o ar, e nada. Pela primeira vez, aquele tão conhecido e ameaçador cheiro não pode ser captado por suas narinas. Que incrível, você pensa. E, quando anoitece, você se encolhe num canto do buraco onde já está enfiado há quase uma semana e, milagre, pega no sono.

Quando amanhece e você abre os olhos, a primeira e última coisa que você vê são os relâmpagos que os canos dos revólveres niquelados cospem.

Por isso era essencial que aquele segredo fosse mantido somente entre ele e ela. E os dois precisavam entender bem isso. Ninguém, além deles, poderia saber que os dragões ainda continuavam vivos.
          

dragao

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: