Skip to content

A HISTÓRIA DE JOÃO E JEREMIAS

janeiro 17, 2010

 

jornal da orla & a tribuna de santos

Olhando para o mar, eu pensei que devia achar algo mais importante pra dizer a   respeito da porra daquele mar. Mas não consegui pensar em nada mais importante, além do fato daquela porra daquele mar banhar a porra da cidade onde eu vivi grande parte da porra da minha vida. Contudo, se alguém tinha mesmo que contar a porra daquela história, eu estava disposto a tentar. Por quê?  Eu não fazia idéia. Isso, contudo, não importava. Afinal, era apenas uma porra de uma

“João e Jeremias (a porra da história)” é o segundo livro do jornalista e escritor José Roberto Fidalgo. Após o lançamento de “O Ano da Lagartixa”, em 2007, classificado pelo autor como uma “fábula urbana”, o novo trabalho aborda a história de dois amigos, que se reencontram, virtualmente, pela internet, após muitos anos e relembram, por meios nada ortodoxos, episódios vividos por ambos e um grupo de amigos, durante um determinado verão, numa cidade à beira-mar.

José Roberto Fidalgo, ou JR Fidalgo, como prefere ser identificado na sua persona de escritor, afirma que “João e Jeremias” é um romance de ficção, mas, como em “O Ano da Lagartixa”, ele admite que tanto personagens como situações são baseadas na vida real, “embora tudo misturado num liquidificador com defeito de fabricação.”

Uma das primeiras pessoas a ler “João e Jeremias”, o amigo e arquiteto santista Paulo Martins, assim se referiu ao livro, em e-mail enviado ao autor: “Viajei por sua Santos e percebi que ela também é minha Santos. Ler o livro foi como ler minha própria mente , se é que me entende. Senti o cheiro dos lugares…o som dos lugares…vi os lugares…embora inominada…sua descrição da cidade é perfeita…caminhei com você os seus caminhos…mas o que mais curti foi o raciocínio cerebral…as idéias das coisas…nada como pertencer a uma mesma geração…numa mesma cidade e perceber que se vive as mesmas coisas..é isso!!”

Comentando as palavras de Martins, JR não nega que muito do novo livro se inspirou em verões vividos na cidade de Santos durante as décadas de 70 e 80. “No entanto, a história de João e Jeremias poderia acontecer em qualquer cidade à beira-mar, em qualquer lugar do país…ou do mundo. Acho que cada leitor vai se identificar com aquilo que fizer sentido para  ele.”

Serviço“João e Jeremias (a porra da história)” pode ser encontrado na Realejo Livros. A Realejo tem duas lojas em Santos. A primeira fica ao lado da Praça Independência,número 2 da Marechal Deodoro. A segunda fica dentro do Shopping Miramar – a menos de uma quadra da primeira – no piso 1, lojas 63/65. Fones: (13) 3289-4935 / (13) 3977-4962


 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: